Creating and sharing knowledge for telecommunications

Modelização por Elementos Finitos do Processo de Ensaio não Destrutivo Utilizando Correntes de Foucault

Ribeiro, A. L. ; Ramos, H.

Modelização por Elementos Finitos do Processo de Ensaio não Destrutivo Utilizando Correntes de Foucault, Proc Congresso de Métodos Numéricos em Engenharia, Barcelona, Spain, Vol. USB-Mem pen, pp. 000 - 000, July, 2009.

Digital Object Identifier:

Download Full text PDF ( 415 KBs)

Abstract
A utilização de correntes de Foucault (eddy currents) constitui uma das formas geralmente utilizadas para realizar ensaios não destrutivos em peças metálicas. Este método é actualmente utilizado para detectar e localizar defeitos em materiais condutores, como tubos metálicos sujeitos a elevadas pressões, ou fissuras nas estruturas das aeronaves. A utilização de métodos numéricos pode constituir uma ajuda preciosa para prever o tipo de sinais eléctricos que devem ser detectados quando um defeito bem conhecido é analisado com aquele tipo de ensaio. Neste artigo utiliza-se o método dos elementos finitos para prever qual a distribuição do campo magnético resultante da aplicação de um campo primário alternado sinusoidal a uma chapa de alumínio com uma fissura de geometria bem conhecida. A solução do problema é feita em termos do potencial vector magnético e do potencial escalar eléctrico. A partir destes dois potenciais é possível determinar a distribuição espacial das correntes de Foucault. Por comparação com a distribuição que resulta no caso de um material livre de defeitos, é possível prever qual a deformação das linhas de corrente, e a partir daí qual a perturbação nas forças electromotrizes resultantes num enrolamento sensor. Da análise dos sinais nos enrolamentos sensores é possível estabelecer uma relação com algumas das características dos defeitos sondados: comprimento de uma fissura, orientação espacial.