Creating and sharing knowledge for telecommunications

Fabrico de fios moleculares por self-assembly controlado por STM

Ferreira, Q. ; Alcácer, L. ; Morgado, J.

Fabrico de fios moleculares por self-assembly controlado por STM, Proc Encontro Nacional da SPQ, Braga, Portugal, Vol. na, pp. na - na, July, 2011.

Digital Object Identifier:

Download Full text PDF ( 20 KBs)

Abstract
A electrónica (uni)molecular tem por objectivo usar moléculas discretas ou agregados moleculares para desempenhar funções electrónicas, como rectificação, switching ou amplificação, numa abordagem bottom-up para fabricar sistemas electrónicos. O aparecimento dos microscópios de força atómica (AFM) e de efeito de túnel (STM) veio permitir manipular e endereçar moléculas individualizadas.
As técnicas de auto-organização são habitualmente apresentadas como extraordinariamente versáteis e simples para organizar moléculas em solução ou sobre superfícies. Essa organização é ditada pelo factor energético (associado às interacções) mas os defeitos (contribuição entrópica) estarão sempre presentes. A questão fundamental aqui é saber se o papel desses defeitos pode ou não ser preponderante nas propriedades dos agregados moleculares. A quantificação ou visualização desses defeitos, à escala nanométrica, em particular se estivermos a trabalhar com agregados em superfícies, depende pois do uso de ferramentas adequadas que a nanotecnologia veio colocar à nossa disposição.
Nesta comunicação, abordaremos o fabrico de fios moleculares por self-assembly, usando grafite (HOPG) como substrato e uma porfirina de zinco(II) e uma bipiridina como blocos de construção controlada dos fios. Recorrendo ao STM seguimos, passo a passo, o processo de crescimento dos fios. Usando STS e AFM de ponta condutora, foi feita a sua caracterização eléctrica. Verifica-se que, com o aumento do número de unidades do fio os defeitos aumentam e a condutância dos fios, endereçados individualmente por STS, diminui.
Será apresentado o estudo da variação da condutância dos fios com o seu comprimento e a discussão do mecanismo de transporte de carga.